quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Os meus 12 desejos para 2013


A cada final de ano faço uma avaliação, do que fiz, do fui e daquilo que tenho de ser e fazer para me manter no meu Caminho.
É importante avaliar e perceber as vitórias e os “fracassos” que me balançam entre uma margem e outra.

É engraçado comparar os meus desejos de à 20 anos, mesmo 10 com os de hoje.
Hoje tenho a consciência de perceber que todos os meus desejos, são possíveis, todos eles são realizáveis por mim. Ter esta convicção me dá valor, me dá poder, também muita responsabilidade, no entanto, estribar-me em mim, significa Crer-me, Viver-me…

Nem sempre é fácil.
Quando as coisas não correm como imagino, quando em momentos não percebo a importância dos “altos e baixos”, e me aponto, me responsabilizo,… fico muitas vezes sensibilizada comigo própria.
Mas…rápido saio do estado de me “apontar o dedo”, e passo a viver naquilo que considero ser uma máxima: Tenho de aprender a Amar-me e a respeitar-me para poder Amar e Respeitar a Todos e a Tudo.

Para 2013 eu pedi estes 12 desejos:



 - Ser uma energia Positiva
Ver sempre o lado bom, manter-me em emoções do espectro do Amor. Penso que esta é a melhor forma de eu viver e me proteger.










- Cuidar amorosamente do meu corpo
 Manter-me numa alimentação que nutra o meu corpo, que me desintoxique e me regenere a cada dia, que faça feliz todas as minhas células.



- Não ter medo.
Por vezes sinto ansiedade, é um bater do coração que antecede qualquer coisa que não sei o quê , nem porquê.
A ansiedade está relacionada com o medo.
Esta emoção tem de ser trabalhada tanto emocionalmente como fisicamente, visto o medo ser um reflexo do desequilíbrio da energia do rim. Com medo não se consegue ser sereno, e…serenidade é um dos meus desejos.


- Andar no calçadão entre Alhandra e Vila Franca de Xira, todos os dias.
Andar é o melhor exercício que posso fazer além do Falun Dafa que faço em casa. Ao caminhar sei que aumento os meus dias de vida na Terra e de gratidão por estar aqui.





- Publicar o meu primeiro livro.
 Nos últimos meses tenho trabalhado num livro, que sei que vai ser publicado, porque semeei a semente, tenho regado, agora só falta desabrochar o fruto.






 - Respirar Conscientemente.
Se a cada hora, eu fizer 5 respirações conscientes, com ciclo de inspiração e expiração e sentir a oxigenação da energia que chega até às células, este dia será um dia diferente.





- Cumprir um Programa de Cura.
 Pôr em prática um programa de cura que criei para mim, com alimentação e tratamentos naturais com o objectivo de desintoxicar e regenerar.





-Abrir a Casa da Saúde Natural
Um lugar, onde eu possa atender pessoas e ajuda-las de uma forma Natural a cuidar dos seus corpos.



- Praticar mais a cozinha Crudivorista.
Comer cru, implica aprender a fazer pão, leite, queijo, bebidas com próbioticos, pratos cru-zidos ou seja amornados e uma grande variedade de "pratos" crus, saudáveis e vivos.

- Ser Gentil com Tudo e com Todos.
Sim! É um desejo.
Na maioria das vezes, faço a cama, limpo a casa, tomo banho, rego as flores como autónoma, sem pensar, sem estar presente, sem ser gentil,… porque me esqueço, porque estou com pressa, porque estou a pensar noutra coisa.
Desejo que o ano de 2013 me ajude a ser gentil com Tudo.

- Aumentar os meus conhecimentos sobre Saúde.
Pesquisar, conhecer, raciocinar e saber sobre a melhor forma de conduzir o meu veículo corpo, para que ele se mantenha o maior tempo possível, nas melhores condições, e quando se desequilibrar, o que eu tenho que fazer.



- Sabedoria.
Como ultimo desejo, eu peço ao Universo, ao Criador e à Fonte, que faça desabrochar a minha Sabedoria Interna, de forma a saber equilibrar os meus corpos, tanto o físico, como o mental, como o espiritual; que eu consiga viver mantendo todos eles unidos na frequência do Amor.



Desejo-vos um Bom 2013… e muita Alegria


Sem comentários:

Enviar um comentário