quarta-feira, 17 de abril de 2013

Uma ajuda para a Diabetes tipo-2

imagem copiada net

A Diabetes tipo 2 corresponde a 90% dos casos de diabetes.
É uma doença de comportamento baseada em maus hábitos alimentares, sedentarismo e stress, ultimamente também se apontam como causa os produtos químicos introduzidos nos alimentos.
Considera-se uma doença metabólica, na qual o doente tem insulina, mas apresenta resistência a esta mesma insulina o que leva à Hiperglicemia.

Vários estudos têm sido feitos, nos quais se descobriu que os participantes que comiam mais alimentos ricos em Ómega 3 apresentavam níveis mais baixos de resistência à insulina.

Pesquisadores acreditam que a dieta que está a ser seguida no Mundo Ocidental é muito rica em Ómega-6, come-se muita margarina, muitos fritos, muitos doces, entre outros malfeitores; e pobre em alimentos ricos em Ómega-3.

A Clinica Mayo, apoia fortemente a ingestão de Ómega-3; concluiu que as pessoas que comem alimentos ricos nestes óleos essenciais ou que tomam suplementos (prefiro os alimentos) vivem mais tempo e têm menos ataques cardíacos.
Acrescentam que apenas 2 capsulas de Ómega-3 por dia reduz a resistência à insulina, a inflamação sistémica, diminui a dor e a inflamação presentes nas artrites.

Os nutricionistas recomendam como alimentos ricos em ómega-3, os peixes, entre eles o salmão; no entanto não esqueçamos que o salmão vem todo de aquicultura o que para mim muda toda a opinião; penso ser preferível peixes como a cavala, o carapau e a sardinha; além disso o cozimento altera toda a estrutura do alimento, por isso não frite, prefira grelhado e mal.
No entanto, o povo português já come bastante peixe, portanto acho preferível buscar outras fontes de Ómega-3 como as sementes de Linhaça, sementes de chia, avelãs, nozes, gérmen de trigo, e os vegetais de folha verde escuro.

Sem comentários:

Enviar um comentário