quinta-feira, 11 de julho de 2013

Que pão comemos?

imagem copiada net
Eu gosto muito de pão e vejo que a maior parte das pessoas também gostam.
Mas devemos comer pão? Qualquer pão?

Estas perguntas podem parecer um pouco ridículas, visto o
pão ser provavelmente  um dos primeiros alimentos a serem processados na historia da humanidade.

Então, porque estou a questionar o beneficio do consumo de pão e do cereal trigo?

Primeiro temos ver que o trigo de hoje, está muito longe do trigo de há 50 anos. Em meados de 1950 começou-se a fazer cruzamentos para tornar o trigo mais resistente e mais produtivo, ligado a este projeto teve o cientista Norman Borlaug, por isso hoje todo ou quase todo o trigo é hibrido.
Tem algum problema ser hibrido?
Bem, o Cardiologista Dr. Wiliam Davis, diz que sim, que o trigo hibrido existente nos dias de hoje, contém novas proteínas que são difíceis para nós digerir corretamente.

De acordo com Alessio Fasano, que é diretor medico da Universidade do Centro de Maryland de Pesquisa Celíaca, ninguém pode digerir corretamente o glúten, não são só as pessoas celíacas, mas todos de uma forma geral.
O pão ao ser ingerido cria uma resposta imunológica que aumenta a permeabilidade intestinal, o que pode levar a quadros de inflamação sistémica, e assim conduzir a uma serie de doenças auto-imunes  incluindo a doença celíaca, artrite reumatóide  o síndroma do intestino irritável e assim por diante.
Nós podemos não ter um diagnostico de doença celíaca, mas a maior parte de nós tem sensibilidade ao trigo e principalmente ao pão, o que resulta em cólicas e diarreias.

Além de tudo isto, temos ainda outro problema com o pão; o pão que existe há venda na sua maioria é feito com farinha refinada e aditivos, que na etiqueta dos ingredientes surge como melhorante de farinha.

Os alimentos refinados, neste caso a farinha branca com a qual se faz o pão é vazia, é pobre; o grão de trigo que lhe dá origem no processo de refinamento perde a sua pelicula exterior e o germe, onde se encontrava vitaminas, minerais e fibras.
Quando estamos a comer pão, estamos a comer um alimento vazio, por isso eles não nos saciam, e queremos sempre mais. Há estudos que apontam que também são viciantes, têm efeitos opioides no cérebro e causam dependência.

Estou eu aconselhar o não consumo de pão?
Depende.
Se for uma pessoa com diabetes, com problemas intestinais como diarreias ou obstipação, com doenças inflamatórias autoimunes, eu aconselharia a não consumir pão, principalmente o pão branco. No entanto não é uma questão de cor, porque há pão escuro, mas no fundo é farinha branca com farelo, e isto não é pão de cereal completo.

O melhor seria a própria pessoa começar por pesquizar receitas de pão, com farinhas completas e fazer o seu próprio pão.

Sem comentários:

Enviar um comentário