sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Fiz duas endoscopias...não tenho nada...mas tenho azia. Porquê? Resposta a comentário

imagem copiada net
Comentário:
"Tomo Omeprazol há uns 3 ou 4 anos, pois infelizmente, se não o fizer sofro bastante com a azia e ardores. Sou vegetariano e tenho cuidado com a alimentação e com o meu bem-estar, pois também sou Mestre de Reiki.

Tenho pesquisado sobre como eliminar este meu problema e pelo que li, possivelmente conseguiria ultrapassá-lo se me tornasse crudívoro. É uma situação que ando a ponderar, pois sei que é bastante benéfico para a saúde, de qualquer modo, vi que postou que o feno grego faz o mesmo efeito que o Omeprazol, mas fiquei com uma dúvida. Gostaria de lhe por as seguintes questões, se não se importar de responder:
- O Feno Grego faz com que não tenhamos azia? Ou só protege o organismo contra úlceras?

Repare, já fiz 2 endoscopias, a última há nem um mês, e segundo o médico não tenho nada.... ora, eu acho ótimo, mas então porque é que tenho azia? entende.... heheheh

Estive a pesquisar por conta própria e, sinceramente, parece-me que devo ter uma hérnia no músculo que fecha o estômago e então, tenho refluxo! Quando estou sentado, é quando sinto mais os ardores!

Gostaria mesmo de parar de tomar o Omeprazol e se o Feno Grego resultar, ótimo! Se não tiver outra alternativa, talvez pondere seriamente tornar-me crudívoro!

Agradeço-lhe a sua atenção e aproveito para lhe dar os parabéns pelo seu belo trabalho de "acordar" as pessoas para opções mais saudáveis!"

Resposta: 
 Bem, o fato de ter azia e ardor não significa propriamente que tem excesso de produção de acido gástrico, até porque se está a tomar o Omeprazol que diminui em muito a sua secreção.
A azia e os ardores podem estar presentes num estomago com muito ácido ou num estomago com pouco ácido.
Vou tentar explicar:
O estomago precisa de um ambiente ácido, muito ácido para que se inicie a digestão, para que os alimentos sejam digeridos em nutrientes absorvíveis pelo intestino.
Mas, com o avançar dos anos e por varias outras causas o estômago diminui a sua produção de acido e o bolo alimentar começa a ter dificuldades em ser digerido e permanece mais tempo no estômago  o que pode fazer com que reflua para o esófago, que não foi feito para suportar um PH ácido, ficando desta forma com suas paredes internas irritadas o que causa ardor.

Quando a pessoa faz uma refeição e logo após sente dores na região gástrica, normalmente recorre aos antiácidos e também ao omeprazole, pois pensa que a dor se deve à acidez em excesso, quando na maioria ( não quer dizer que sejam todas) das vezes a dor e o ardor estão relacionados com a falta de acidez suficiente para digerir o alimento e faze-lo seguir caminho para o intestino.
Quando o estomago não tem um Ph de valor 2 ( extremamente ácido), a válvula pilórica ( que regula a saída do estomago para o intestino) não tem estimulo para se abrir, e os alimentos vão-se acumulando no estomago e subindo para o esófago, ou seja se o alimento não está em condições de sair para baixo, tenta sair para cima, o que queima o esófago e cria a sensação de azia.

O Omeprazol melhora o sintoma, porque alcaliniza de tal forma o estomago que quando os alimentos refluem para cima, não vêm tão ácidos e não provocam o queimo, mas não estamos a curar, nem a resolver nada, simplesmente a dificultar a digestão de tal forma, que na maioria das vezes o problema fica cronico, por isso as pessoas já não conseguem comer sem tomarem primeiro o Omeprazol.

Sintomas de quem tem EXCESSO de ACIDEZ NO ESTOMAGO
- Sentir dor antes de comer
- Arrotos
- Azia está presente
- Dor em jejum aliviada pela comida
- Digestão normal das proteínas

Sintomas de quem tem DEFECIENCA de ACIDEZ NO ESTOMAGO
- Sentir dor depois da comida
- Arrotos
- Azia é muito comum
- Digestão lenta das proteínas

Tentei fazer uma explicação daquilo que pode estar a causar-lhe a sua queixa, mas também pode realmente ter uma produção excessiva de acido clorídrico, o que ocasiona esses sintomas.   

Quanto ao Feno Grego, diz-se que ele é um tónico digestivo, que alivia os gases e a azia, além disso como é rico em mucilagem forma uma camada protetora nas membranas mucosas e melhora a digestão ao mesmo tempo que protege contra ulceras.

Como ajuda:
- Beba agua com limão em jejum e uma colher de chá de azeite virgem extraído a frio. Agua com limão pode beber sempre que sentir azia.
- Beba suco de batata - meia batata em meio copo de agua, bater e coar. Beber de imediato.
- Beba suco de couve e de cenoura - pode fazer com 2 cenouras, 2 maçãs e 1 folha de couve. Coloca tudo partido num jarro liquidificador com um pouco de agua, tritura e coa num pano tipo organza, veja um exemplo aqui. A cenoura crua normaliza a produção de suco gastrico e neutraliza o excesso de acidez, o de abobora também é suavizante e anti-inflamatorio.
- Beba leite de amêndoas, uma bebida vegetal alcalinizante.
- Durma toda a noite com emplastro de argila sobre o estômago. Faz uma massa de argila e agua, aplica num pano tipo gaze ou organza, como se fosse um envelope grande e coloca sobre a zona do estomago. Vestir uns calções de forma a segurar o emplastro. De manhã, tira tudo e deita fora.

Como chás experimente o poejo, a erva doce, a carqueja e a erva cidreira. Tome a infusão feita com planta e não com saquinhos.

Penso que estas simples  medidas acima o podem ajudar, mas pode sempre ver outros conselhos aqui

1 comentário:

  1. Muito obrigado pela sua colaboração! Vou seguir estas dicas e daqui por algum tempo, mantenho-a informada!

    Grato,
    Jorge Dinis

    ResponderEliminar