terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Há que confiar mais na Natureza do Corpo


Estamos no inicio de um ano novo, altura certa para pedir grande, e como o mais importante na vida é a saúde física e mental, porque não pedir uma saúde magnifica, vamos pedir acreditando e confiando que é possível.
Muitos de vós devem estar a pensar "se fosse assim tão fácil...pedíamos e... eramos todos saudáveis", mas como todos sabemos, pedir é o começo da ação, há que agir em conformidade. Vou-vos contar uma historia: Muitos anos antes de Cristo havia um rei, que segundo reza a historia foi muito rico, tinha ouro, tinha servos, parece que tinha tudo o que queria, sabem o que ele pedia a Deus? Sabedoria, foi considerado  como o rei mais sábio e mais rico, mas ele, o rei Salomão não pedia riqueza pedia sabedoria e com ela consegui tudo o que desejou.
O que quero dizer, é que se queremos saúde, temos de pedir Saúde juntamente com sabedoria, amor  e força para agir em conformidade.

Temos de tomar Consciência da Magnitude que Somos...somos um aglomerado de células unidas num grande império, convivem connosco 100 biliões de bactérias, são mais bactérias que células...há uma grande perfeição neste feito que habitamos, para que o coração não pare, para que a respiração continue mesmo quando dormimos, para que a quantidade de insulina seja adequada... para que qualquer arranhão cicatrize, para subir a febre quando entra um invasor, para que nosso coração bombeie 5 litros de sangue por minuto e chegue a todas as celulas, etc...

Esta perceção do que somos leva-nos Amar e a confiar mais no nosso corpo  e no nosso poder de cura, porque nada cura, o que cura é o corpo, nós podemos é ajudar o corpo nessa ação, ou controlar o sintoma e até muitas vezes prejudicar, mas a cura, a solução do desequilíbrio é sempre efetuada pelo corpo.

Para curar uma doença entre varias mudanças, há que ter amor, porque quando não há amor há temor...ou há um ou há outro. Hoje temos uma medicina baseada no temor, por isso é uma medicina que agride, que destrói, que é violenta contra os sintomas, por isso as prescrições medicas são os "anti...", anti inflamatório, antibiótico, anti-histamínico, antidepressivo, anti-qualquer sintoma que tenha. Temos uma medicina de medo, por isso ela corta qualquer coisa que possa agredir, nem dá tempo para a doença se defender, vai-se logo contra ela, por isso tira-se a vesicula, as amígdalas, o quisto, qualquer tumor, tira-se a mama, o útero, a próstata, etc. Mas penso que todos percebemos que quando tiramos algo do nosso corpo ficamos mais pobres biologicamente e quanto mais pobres menos Saúde.

O medo não é a emoção perfeita para impulsionar a Saúde, o medo torna as pessoas reféns, a medicina do futuro vai ter de evoluir e parar com esta forma de controlar as pessoas pelo medo, antes deve lhes dar poder e responsabilidade pela sua capacidade de autocura. Esta ideia de que tem a glicemia acima de 110 é um diabético logo o vai ser para o resto da vida pois a diabetes é uma doença cronica, isto não é uma verdade, é uma crença lançada pelos médicos, pela medicina e por muitos sectores que ganham com o paradigma da doença cronica. É de tal forma consolidado que se formam associações para mentalizar ainda mais essa cronicidade, depois o doente passa a ir a reuniões por exemplo da associação dos diabéticos ou dos fibromialgicos ou outra qualquer e o doente aprende a dizer " eu sou diabético". Para que este doente se recupere, primeiro ele tem de mudar a crença, ele tem de acreditar que tudo pode mudar, que não existem doenças cronicas, que ele só tem de mudar a forma do estilo de vida para mudar o seu corpo, tem de acreditar que hoje tem valores que o identificam como diabético mas que amanha pode se ele quiser não ter e que isto é possível.

Podemos estar a perguntar-nos: "se a doença é uma crise, quando é que vai terminar?"
Para mim, a doença termina de duas maneiras, ou quando o paciente morre ou quando o paciente decide curar-se e prepara a sua mente, seu coração e sua força de vontade e cria todo um protocolo de ajuda ao corpo, não contra o corpo, de forma a se Autocurar.
E como disse o nobel LinusPauling " A medicina do futuro será uma boa nutrição", a nutrição é a base da pirâmide do protocolo da cura do corpo de qualquer pessoa com qualquer doença.

Fico por aqui, quero deixar neste primeiro poste do ano, uma mensagem de esperança, quero dizer-lhe que eu acredito que tudo muda, as doenças também mudam, não podemos é continuar a fazer as mesmas coisas e esperar resultados diferentes, se tem dores, inflamações, alterações fisicas, tente buscar o estilo de vida que ajude o seu corpo a reequilibrar-se, não o agrida antes ajude-o e confie no seu corpo porque nós fomos feitos maravilhosamente.


1 comentário:

  1. Amei!!! Suas palavras eram exatamente o que eu precisava para abrir os olhos. Aliás, foram direto ao meu coração. Obrigada!!!

    ResponderEliminar