segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Quero-vos falar sobre Liberdade


Concordo totalmente com Spinoza, na sua definição de liberdade, ele diz que somos livres quando agimos de acordo com a nossa natureza e como tudo o que existe no mundo da matéria é feito pelos opostos, quando cresce a liberdade tem de crescer junto a responsabilidade, só desta forma faz sentido.

O que mais prezo no Mundo, e aquilo que para mim é um indicativo de evolução da espécie humana é a Liberdade.
Cada um de nós é diferente do outro, logo as escolhas também são, aquilo que é importante para mim pode não ser para si, e até há quem não escolha mas siga, que também é uma escolha.
Vejamos o assunto da carne, a OMS alerta que carne vermelha e carne processada provoca cancro e as opiniões divergem, cada um acha ao seu jeito, quem está certo? Todos, esta é a liberdade.
É conseguirmos viver em união fazendo as nossas escolhas.

Ontem foi o dia mundial do veganismo, pessoas que não comem e não usam nada animal. Estão certos? Estão errados? São extremistas? São eles próprios a viver aquilo que acreditam. E os que gostam de touradas? Aplaudem um ato que do meu ponto de vista...é melhor eu dizer que não entendo, porque é isso mesmo " eu não entendo", mas respeito, essa é a minha liberdade e a liberdade do outro.

Não gosto de teorias de "rebanho" onde meia dúzia decide o que é certo e meio milhão tem de  seguir, gosto de conhecer e interpretar varias alternativas que vão preceder a minha escolha.
O que peço, é que a nossa Sociedade no futuro tenha Educadores e não Mandadores, voltando ao tema do alerta da carne, posso dizer que a OMS teve um papel de educador, cabe a cada um refletir e escolher o que melhor entender, não teve um papel de um forçar "obrigatório", como por exemplo o que existe com a toma de vacinas em alguns Estados Norte Americanos, onde obrigam as crianças a terem de ser vacinadas, neste caso eu considero que o estado está a ter um papel de Mandador, o que retira a liberdade ao cidadão. É deste tipo de falta de liberdade que eu tenho medo.
Eu quero ser livre nas minhas escolhas e quero que meus netos também o sejam...

1 comentário: