terça-feira, 26 de março de 2013

Alimentos que mantêm as taxas de Fibrinogénio equilibradas


O fibrinogénio é uma substância produzida pelo organismo para favorecer a coagulação do sangue. Uma produção muito intensa de fibrinogénio pode, no entanto, promover a formação de coágulos de sangue. Níveis altos de fibrinogénio estão relacionados com tromboses, independente se arterial ou venosa.

Estudos têm mostrado que um plano alimentar, onde se inclua determinados alimentos funcionais, ou seja com ação sobre a coagulação do sangue pode beneficiar a pessoa sem ter de recorrer a medicação. No entanto aconselho a falar com o seu medico e a verificar os valores.




 Ácidos Gordo - Omega3, podem contribuir para manter as taxas de fibrinogénio a níveis seguros.

Para mim, a melhor fonte de ómega 3 é a semente de linhaça.
Deve consumi-la crua e triturada.
Inclua diariamente 1 colher de sopa bem cheia.



Alimentos com Cumarinas - estes compostos químicos possuem atividade anticoagulante, vasodilatadora e antitrombótica.
Boas fontes são as frutas e os legumes, particularmente os citrinos e a salsa. o alho contem uma sustância com propriedades semelhantes.







Alimentos ricos em Vitamina E - reduzem o risco de formação de coágulos sanguíneos.
As melhores fontes desta vitamina são os legumes de folha verde, os brócolos e as amêndoas.





Alimentos ricos em Selénio - existem dados que demonstram que o selénio pode proporcionar uma boa proteção contra os acidentes vasculares cerebrais, além de ser um mineral antioxidante.
Fontes são: arroz integral, flocos de cevada, cebolas, brócolos, alho e castanhas do Pará.

Sem comentários:

Enviar um comentário