quarta-feira, 10 de abril de 2013

Lei da Saúde Nº 1 - Respirar sempre AR PURO

imagem copiada net

Dizia Hipocrates:
 " O ar puro é o primeiro alimento e o primeiro medicamento."
Sem ar, o Homem morre.
O ar é o elemento mais valioso; podemos viver semanas sem alimentos, dias sem agua, mas privados de ar, sucumbimos em poucos minutos.

A  observação do modo de vida atual mostra que o homem não se conscientizou da importância  que o ar tem como fonte de energia vital; podemos observar a modernice atual do ar condicionado.

O ar deve entrar no nosso organismo pelo pulmão e pela pele.
A pele é um segundo pulmão e um segundo rim, absorve normalmente a 4ª ou 5ª parte do oxigénio que necessitamos e expele de forma análoga os desperdícios do nosso desgaste orgânico; para isto é necessário que a pele esteja em contato direto com o ar, por isso aconselha-se os banhos de ar (em breve exemplificarei o banho de ar) e não usar-se roupas muito apertadas ao corpo.

A respiração deve ser feita pelo nariz, com a boca fechada, pois o nariz é o guardião dos pulmões, aquece o ar frio e retém as impurezas.

Ter atenção ao Ar, é algo que não é muito referido; ninguém se preocupa muito a não ser que se sinta mal.
Se estacionarmos num parque de um Centro Comercial, tipo -1 ou -2, apercebemo-nos que o ar não é de todo o mais saudável, ficamos com dor de cabeça, tossimos, etc... no entanto não morremos e até existem pessoas a trabalhar nestes locais. Mas entre um extremo e outro existe o meio termo, que é uma respiração insuficiente, tanto pela qualidade do ar como pela forma como respiramos; e normalmente a este meio termo, nós não damos importância.

Quando não respiramos corretamente debilitamos nossa Saúde, como é referido na enciclopédia de saúde "The Ministry of Healig" onde a autora diz: " Para se ter bom sangue, devemos respirar bem. As inspirações profundas e completas de ar puro, que enchem os pulmões de oxigénio, purificam o sangue e impulsionam a corrente da vida a todas as partes do corpo. A boa respiração acalma os nervos, estimula o apetite, torna mais perfeita a digestão, produz sono saudável e reparador.
Quando se vive com uma quantidade insuficiente de oxigénio, a circulação do sangue torna-se mais lenta; os produtos tóxicos do desgaste que deviam ser eliminados pela expiração ficam dentro do corpo e toxicam o sangue. Não são só os pulmões que ficam afetados, mas também o estomago, o fígado e o cérebro.
A pele fica pálida, a digestão é retardada, o coração se deprime, se embacia o cérebro, os pensamentos ficam confusos e o organismo inteiro fica deprimido e inativo, particularmente exposto à doença."

A casa onde vivemos tem de ser, estar bem arejada, principalmente o quarto de dormir; o ideal era dormir de janela aberta, para que houvesse sempre uma constante renovação de ar.
Infelizmente dou-me conta que as pessoas além de não dormirem de janela aberta, ainda passam dias, talvez semanas sem abrirem os estores e sem arejarem o quarto, onde dormem pelo menos 8 horas diárias e a respirar ar viciado.
E, neste momento a tendência vai para bloquear ainda mais, pois muitas famílias procuram janelas que vedem na totalidade, janelas que não permitam a menor entrada ou saída de ar, como forma de poupar energia, ou seja durante o inverno mantêm os aquecedores acesos para que a temperatura fique amena, e com a calafetação das janelas a temperatura não desce, poupando desta forma energia. Mas, e o ar? Quanto tempo fica a casa fechada? Será que ninguém tosse nesta casa? E não sente dores de cabeça?

Estou de pleno acordo com o Doctor Phillip Welsh que disse: " Qualquer forma de tratamento de saúde que não deia a maior importância à coisa mais fundamental da vida que é - respirar ar puro profundamente - falhará miseravelmente em obter os melhores resultados".

Devia fazer parte da nossa rotina, as "respirações do acordar", devíamos abrir uma janela, ir até à varanda, ao quintal, ficar em contato com o ar da rua e fazer varias respirações profundas. Durante o dia repetir e  muito importante seria não esquecer de ensinar isto aos mais pequenos.

A respiração alimenta os nossos sentidos, as nossas funções orgânicas, nossas células, nossos órgãos, etc.
Ela é o que nos mantém vivos.
Respirar foi a primeira coisa que fizemos ao entrar neste mundo e será a ultima que iremos fazer.

Sem comentários:

Enviar um comentário