quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Laranja - a fruta que irradia um espectro de propriedades curativas


Se eu olhar com atenção o livro da Natureza, para dele aprender sobre o Homem, intuitivamente atrevo-me a dizer que a fruta é o alimento principal para o organismo humano, é dos poucos alimentos que ao serem colhidos não sacrificam nenhum ser vivo. Neste momento estamos, nós e a fruta,  tão degenerados que dificilmente conseguíamos viver somente dela, mas isso não muda a contínua necessidade que temos de a consumir. A fruta não é uma sobremesa, a fruta é uma refeição, é para ser consumida em quantidade, varias peças por dia.

Hoje, apresento-vos a Laranja, uma "bola feita de energia do sol" que nos irradia um espectro de propriedades curativas, entre elas a tão conhecida e necessitada Vitamina C.
A laranja contêm uma variedade de nutrientes a ser cada vez mais reconhecidos como essenciais para a saúde humana, mesmo sem ciência, os antigos sabiam disso e consideravam a laranja tanto um alimento como um medicamento, o que hoje se chama de alimento funcional. Faziam a cura das laranjas, que consistia em comer varias laranjas como substituto das refeições. O objetivo era fazer com que os órgãos eliminadores realizassem a sua função depuradora e a expulsão das toxinas. Acreditavam que a laranja nunca podia prejudicar, antes pelo contrario, devido ao seu grande conteúdo em substâncias curativas e depurativas ajudava de um modo especial a expulsão das impurezas do corpo, dos órgãos, dos tecidos e do sangue, de tal maneira que todos os transtornos  e todas as doenças causadas por essas toxinas podiam ser curadas ou quando menos notavelmente aliviadas.

A laranja tem vitamina C, mas vitamina C não é o redutível esqueleto químico conhecido por ácido ascórbico, antes é um nutriente que quando ingerido num alimento, como por exemplo numa laranja, é um nutriente vivo, feito pela natureza, pode ter a formula química do acido ascórbico, mas vitamina C produzida naturalmente, na natureza, dentro de uma laranja é uma orquestra de substâncias , obra de milhões de anos de evolução e fruto de um inteligente design biológico, por isso não é com certeza igual à produzida em laboratório.

Estudos científicos comprovam que:
- Que comer laranjas melhora os níveis de colesterol.
Embora seja discutível os níveis certos de colesterol, o certo é que o estudo comprova que a laranja diminui o colesterol, ou melhor o estudo comprova que há uma melhoria nos níveis de todas as gorduras no sangue. 

- Suco de laranja aumenta a densidade óssea.
Um estudo de 2006 com ratos comprovou que a laranja influencia positivamente os valores antioxidantes e a resistência óssea. 

 - Suco de laranja reduz a inflamação
Um estudo de 2009 descobriu que o sumo de laranja reduz a proteína C-reativa e os níveis de fibrinogénio, duas medidas da inflamação sistémica.

 - Laranja ajuda a dissolver Pedras nos rins

 - A laranja pode ajudar no tratamento da hiperplasia prostática benigna.

Podemos concluir " que todos temos de comer laranjas", mas lembrem-se que embora a ciência não concorde, a antiguidade sempre defendeu que " laranja de manhã é ouro, ao meio-dia é prata e à noite mata" e pode haver aqui muito de verdade, não que a laranja mate, mas que não seja tão benéfica, visto a laranja ser uma fruta yin, fria por isso deve ser consumida quando a energia do dia tende a crescer e não a diminuir como acontece à noite.

Também pode ler:

Grama de Trigo - Medicamento Verde

Sem comentários:

Enviar um comentário