quarta-feira, 24 de setembro de 2014

Ainda bebe Refrigerantes?

Se você quer ser saudável, se você tem alguma doença, seja qual for e realmente quer melhorar, se você se preocupa com a sua família, não vai comprar nunca refrigerantes. Estou a escrever e a recriminar-me, pois há pouco mais de uma semana  comprei um sumo de "laranja com cenoura" e porquê? Porque os colegas da minha filha iam lanchar à minha casa, e "fica bem" um suminho e uns bolinhos e todas aquelas coisas  que nossas papilas gustativas se acostumaram, mas que não são nutritivas, porque não têm nutrientes.
Para mim nenhum refrigerante é bom, e os de dieta são mortais, é a minha opinião mas ela está apoiada por muitos estudos que podem pesquizar. Considero pior os de dieta, porque têm na sua composição um "açúcar" que não é açúcar e é o pior de todos, pois entre outras coisas sobe os triglicéridos e está associado  a problemas no cérebro inclusive cancro cerebral.

Um copo grande de coca-cola, daqueles que são servidos no cinema, pode chegar a ter 44 colheres de açúcar, quem o diz é mesmo o Presidente Europeu da Coca-cola James Quincey e diz:
" Contém açúcar, dá energia. Mas é necessário? Não. Mas milhões saboreiam como parte de sua dieta no Reino Unido" .
Uma lata de refrigerante tem 6 colheres de açúcar, já pensou comer uma, depois outra e depois... não conseguia, certo? Então como consegue beber tão rápido o refrigerante? Porque lhe juntam um ácido, o ácido fosfórico que balanceia o doce e assim engole-se goela abaixo sem darmos conta que estamos a engolir seis colheres de açúcar. Podíamos dizer que estas bebidas são açucares líquidos.

Então e os refrigerantes light?
Estes não tem açúcar, têm SET, que significa substâncias extraterrestres, são edulcorantes artificiais criados em laboratório e que o nosso corpo não reconhece, por isso eu os chamo de "ET", é um produto que a natureza terrestre não criou, como o Aspartamo, que é uma combinação de dois aminoácidos: fenilalanina e o ácido aspártico e estes dois não são bons para as nossas células, mas está presente na maioria dos produtos alimentares industrializados.

Todos os refrigerantes são de Ph ácido, que chegam dentro do nosso corpo e roubam o oxigénio, se este acaba não há combustão, não há forma de queimar gordura, por isso se diz que os refrigerantes light engordam, e pior que isso adoecem-nos.

Sabe o que faz um corpo, quando entra nele alguma coisa que não reconhece? O corpo defende-se, foi criado para fazer isso mesmo. E, como é que se defende? Inflamando. E o que são as doenças? Não são inflamações de tecidos? Quando chegam as otites, as amigdalites ou seja a inflamação do ouvido e da garganta, porque não perguntamos: De quê está o corpo a defender-se? O que deixei entrar nele que não foi correto?

Aquilo que chamamos alimentos, está a ficar tão longe da realidade, está-se a tornar tão antinatural que quando tocar o extremo o paradigma muda e penso que ainda será na minha geração.

Sem comentários:

Enviar um comentário