quinta-feira, 8 de fevereiro de 2018

Tem desejo por doces? O que fazer?


Penso que a maior parte de nós já passou esta experiência, a de querer intensamente doces. Chega ao final do dia, e começa aquele desejo de pão, de arroz branco, de doces, de comer sobremesa, de chocolate. É um desejo por vezes incontrolável, porque a pessoa decidiu que não ia comer esse tipo de alimentos e depois vem aquela vontade, parece que o corpo pede, que o corpo precisa.

Porque isto acontece?
O que pode fazer?
Vou tentar responder às perguntas.

Tudo na vida tem uma razão, porque há sempre uma ação que provoca uma reação, portanto há uma razão para desejar intensamente comer doces e chocolate.
Vamos perceber o que pode causar este desejo.

O grande combustível do corpo humano é a glicose, que é um açúcar, por exemplo os diabéticos têm a glicose alta ou seja têm o açúcar elevado no sangue.
Nós comemos, digerimos, partimos tudo em pedacinhos muito pequenos que atravessam as paredes do intestino e vão para o sangue, um desses pedacinhos é um açúcar, chamado glicose.
O sangue circula pelo corpo todo, a levar esta glicose a todas as células, para dentro destas ser queimado e formar-se em energia, a nossa energia, sem esta energia nada se pode mover, quando o coração perde movimento a vida acaba, toda a vida depende do movimento e como vimos a energia que movimenta tudo no corpo, é gerada dentro das células e nós temos triliões e triliões delas.

  A glicose ou o açúcar é queimado num tipo de motor que existe dentro da célula (mitocôndria) e forma ATP, a nossa energia, no entanto para que esta combustão ocorra devidamente a célula deve estar o mais equilibrada possível, deve manter o seu potencial elétrico e isso o corpo consegue através do equilíbrio sódio/potássio.

Existe um mecanismo que faz com que entre potássio para dentro da célula e saia sódio para fora, diz a ciência que 98% do potássio do nosso corpo está dentro das células, o sódio e o potássio são contrários, por exemplo o potássio elimina água e o sódio retém água, mas são os dois essenciais à vida.
Quando a glicose penetra dentro da célula com ajuda da insulina, para ser queimada na mitocôndria, ela precisa que dentro da célula haja bastante potássio, para poder criar energia, mas se a pessoa não comer folhas verdes suficientes, se a pessoa não tiver potássio dentro do corpo, este não pode entrar para dentro da célula, logo o açúcar (glicose) existente não é transformado em energia, e a pessoa tem que andar, que se mover, que trabalhar, então o corpo pede o seu combustível - açúcar para queimar. Só que não é açúcar que ele precisa, porque açúcar a maioria de nós tem, o problema não é a falta de açúcar, é não conseguir gerar energia, porque não há potássio, e por isso todo o desejo de açúcar.

Você precisa de se movimentar, para isso precisa de energia, a energia vem da transformação do açúcar dentro da célula, mas para este ser transformado a célula precisa de níveis equilibrados de potássio. Mas, o corpo não percebe, só lhe pedem energia, e ele pede açúcar para formar a energia, mas a pessoa está farta de comer e cada vez tem menos energia, porque a pessoa precisa é de potássio, quando houver potássio no corpo, entra para dentro das células e ela queima todo o açúcar existente e o desejo ardente por alimentos ricos em açúcar vai embora, porque já está a produzir energia, ou seja a pessoa precisa de muita salada com várias folhas verdes.

Resumidamente, sempre que uma pessoa tenha desejo intenso de açucares rápidos não é por falta de glicose no sangue, mas porque não há potássio para que o açúcar existente seja queimado.

Vamos imaginar que a pessoa passa a beber um suco verde todos os dias, e come a todas as refeições salada com alface, agrião, espinafres, rúcula, etc... ou seja esta pessoa passa a ter potássio a circular no corpo, mas ele precisa de ir para dentro da célula, e este processo ocorre através da bomba de sódio, que faz com que o potássio entre.
Este sistema que leva o potássio para dentro da célula, e manda o sódio para fora, é um sistema que balanceia o potássio e o sódio na célula, precisa de um mineral para fazer a sua função, que é o magnésio. Quando uma pessoa consome magnésio esta bomba se ativa.

Com magnésio a bomba de sódio se ativa e leva para dentro da célula o potássio e é criada muita energia, e seu corpo deixa de pedir doces, principalmente chocolate. Sabe-se que toda a mulher que durante ou após a menstruação tem desejo intenso de chocolate, é o corpo a pedir magnésio. As pessoas que transpiram muito ou fazem muito exercício ou sauna devem ter em atenção este mineral, e até suplementar. Eu recomendo o Cloreto de magnésio.

Resumidamente, você tem desejo intenso por pão, por açúcar, por bolos, porque precisa de potássio e magnésio, estes dois minerais se conseguem através de uma alimentação equilibrada, para obter potássio coma folhas verdes, para obter magnésio coma folhas verdes e sementes e toda a vontade exagerada desta comida doce desaparece.

Sem comentários:

Enviar um comentário