sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Telemóveis - porque devemos usa-los com precaução?

imagem copiada net

Tinha de falar neles.
Telemóveis são prejudiciais para a saúde.
Eu, digo são, porque a Organização Mundial de Saúde  concluiu em 2011 que os campos de frequência da radio electromagnética emitida por estes aparelhos pode causar Cancro no cérebro, e adicionou-os à lista de cancerígenos , a par do chumbo e do clorofórmio.

 Há muitos indícios que o telemóvel  não só abre as portas para tumores cerebrais, como também agride as células sanguíneas, lesa o ADN, danifica nervos, causa lesões oculares, provoca alterações de sono, fadiga, dor de cabeça e pode acelerar o Mal de alzheimer.

Voçê pode estar a pensar: "tanto mal?, mas toda a gente o usa!"
É verdade! Vemo-lo nas mãos de todos.
Podemos até compara-lo com o cigarro.
O cigarro à 100 anos atrás foi considerado benéfico. Veja, como tudo muda, foram necessários 100 anos para se dizer "à boca cheia" os malefícios do tabaco.

Vamos abandonar o Telemóvel?
Não.
vamos USA-LO COM PRECAUÇÃO.

Hoje, é quase impossível não usa-lo.
Mas, podemos sempre reduzir os riscos; usar com mais moderação, não ser um "telemóvel-dependente"; manter o aparelho afastado do corpo quando ligado, evitar passar o dia com ele no bolso e principalmente não ultrapassar 10 minutos na mesma ligação.

Pensa-se que o uso de auriculares reduz a ação das ondas no nosso corpo, visto que não o encostamos ao ouvido. Há muito que me habituei ao telemóvel com auricular.

As mulheres gravidas e crianças pequenas devem dar atenção ao uso do telemóvel, visto que são vitimas fáceis dessa radiação.
Um estudo feito na Califórnia mostrou que mulheres que usaram telemóvel durante a gestação tinham o dobro  de chances de ter filhos hiperativos e com problemas de aprendizagem.
No caso de crianças é mesmo perigoso, visto seu cérebro ainda estar em formação e possuírem os ossos do crânio menos espesso que os de adulto. Pense duas vezes antes de encostar um telemóvel na cabeça de seu filho ou dar-lhe um.

Não durma com o aparelho no quarto e ligado. Aconselhe isso aos seus filhos, no outro dia minha filha comentou que tinha colegas que dormiam com o telemóvel debaixo da almofada, fazia de despertador.
Cuidado! Assim não deixamos o corpo recuperar das ondas recebidas durante o dia.

Não façamos disto um drama, mas criemos medidas pessoais de proteção à SAUDE.

Sem comentários:

Enviar um comentário