domingo, 21 de janeiro de 2018

De Buda a Lezaeta, homens que falam da ignorância como causa


De acordo com analise de Buda, todos os problemas do mundo, desde pequenos conflitos, problemas familiares, problemas internos de personalidade, até grandes guerras, tudo surge de um desejo egoísta, de um apego que tem como única causa a Ignorância e a ilusão, ou seja uma falsa maneira de ver a realidade.
Demócrito, um filosofo dos tempos antes de Cristo, chamado do filosofo que ri, também disse que " a ignorância do bem é a causa do mal".
 Nada muito afastado daquilo que Jesus mais tarde repetiu " conheceis a verdade e a verdade vos libertará".
Já no sec. XX,  Lezaeta, um chileno que suspende os seus estudos de medicina devido a doença grave e que consegue a cura através de praticas simples de favorecer a saúde, também ele diz que a única doença que existe se chama ignorância da saúde, e assim o único remedio consiste na instrução do individuo para que aprenda a levar uma vida saudável.

A ignorância é a falta de conhecimento, ou sabedoria sobre determinado tema, mas também pode ser a crença em conceitos muito divulgados, mas que falsos e que o ignorante pelo simples fato de não os questionar, continua a acreditar como verdade. Penso que é importante ficarmos com o conceito de karl Popper que disse: " a verdadeira ignorância não é a ausência de conhecimentos, mas sim negar-se a adquiri-los."

Sem comentários:

Enviar um comentário