sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Porque temos de comer brócolos?


Toda a gente conhece brócolos, toda a gente sabe que é um vegetal que temos que incluir na nossa alimentação, mas talvez nem todos saibam é a grande importância que o brócolo tem na nossa saúde.

O que encontrei de estudos a favor do brócolo, onde os seus compostos fitoquímicos agem, como agem e que ações positivas tem no nosso corpo, foi de paginas e paginas, a bula deste alimento/medicamento tem nas indicações positivas tanta ação que não chegamos ao fim. Eu desisti de ver estudos que fizeram com brócolos e depois as conclusões positivas da sua ingestão. Desisti, mas compreendi, que todos temos de fazer uma vénia a estes ramos, ter sempre em casa e consumir tanto quanto possível.

Quando digo que não devem comer isto, aquilo, muitas vezes as pessoas dizem "então o que é que vou comer?" pois brócolos podem estar presentes no prato quase todos os dias. É um dos alimentos a colocar na lista de compras todas as semanas e se possível para estarem presentes no prato quatro vezes por semana. Só deve reduzir a ingestão para duas vezes, as pessoas com problemas de hipotiroidismo, mas isso é assunto de outro poste.

Podia fazer uma lista infindável de doenças onde se provou a ação positiva da ingestão de brócolos, desde da criança pequena com défice de atenção ou autismo, passando pelos cancros,  o brócolo tem uma ação muito positiva na prevenção do câncer de mama, até aos problemas de terceira idade como a diabetes tipo 2 onde ele é um aliado, ao fortalecimentos dos ossos, ao ajudar na imunidade e nas doenças cardiovasculares, o problema que mais mata atualmente.

Todas estas indicações têm estudos por trás, quando se diz que os brócolos previnem cancro de mama, não é um dizer por dizer, é porque houve um estudo em 1996 que mostrou que o consumo de crucíferas, que são os brócolos, couve-flor, repolho, etc, reduziam o risco de ter cancro em até 70%.
As crucíferas tem um composto Indol-3-carbinol que diminui o estrogénio na circulação sanguínea e sem este tipo de estrogénio, os cancros como o de mama que precisam dele para viverem, não conseguem sobreviver.

Quando come brócolos, está a receber centenas de nutrientes que ajudam na promoção da saúde, como:
 Fibra - alimento da nossa macrobiota intestinal, ou seja alimento bom para os milhões de "seres" que habitam nosso intestino, e que nós precisamos deles.

Sulforano - Um tipo de enxofre orgânico que tem atividade anticancerígena, pois promove a apoptose das células, ou seja faz com que a célula que não é normal se mate, simples assim. Mas, este enxofre faz muito mais, ele leva à produção de enzimas que protegem nossos vasos sanguíneos e assim não haja tanto dano celular, por falta de  circulação; e estimula o nosso sistema imunitário e é um composto anti-inflamatório. Tudo de bom.
Os brócolos congelados tem pouca percentagem de sulforano, opte sempre por consumir verduras frescas.

Compostos fenólicos - Estes compostos eliminam radicais livres prejudiciais e inflamação. Todo o alimento que ajuda na eliminação da inflamação, é bom, porque todas as doenças são inflamatórias, no fundo a grande doença é a inflamação, que com certeza terá uma causa para a sua existência, mas existe inflamação sempre que há doença. Então estes compostos fenólicos são muito bons para asma, diabetes tipo 2, doença cardíaca, este trio tão existente entre nós, pois quase toda a gente tem diabetes tipo 2, ou asma  ou doença cardíaca.

Consumir brócolos também reduz a possibilidade de ter doença hepática não alcoólica, ou seja esteatose hepática, o chamado fígado gordo.

Comer brócolos varias vezes na semana faz parte de um alimentação saudável, mas a alimentação é saudável porque come brócolos? Não. Tem de comer brócolos, e tudo aquilo que foi desenhado para a digestão humana, eliminando o que é prejudicial. Ninguém não vai ter cancro porque come brócolos, eles darão a sua ajuda, mas tem fazer uma vida saudável e nessa vida pró-saúde , comer brócolos.



Sem comentários:

Enviar um comentário